O e-mail marketing é uma ótima opção de engajamento, se você está procurando melhores resultados para suas campanhas de e-mail marketing, as chances de você já ter pensado em maneiras de evitar filtros de  antispam, elaborar tópicos envolventes, fornecer conteúdo relevante e aumentar as taxas de abertura é bem alta.

No entanto, nada disso vai adiantar se o cliente ler apenas seu e-mail. Esta é a essência do call-to-action (CTA): fazer com que o público não apenas receba informações passivamente, mas dê um retorno imediato caso esteja interessado como por exemplo, querer comprar um produto, se registrar no site ou interagir com sua empresa de outras maneiras.

O que é call to action?

O CTA, que traduzindo significa “chamada para a ação”, são funções que incitam para o usuário que pode realizar uma determinada ação proposta em sua estratégia. Você lida com essas funções durante o seu dia, principalmente no trânsito, placas de sinalização e semáforo são exemplos de funções que indicam ação.

Dentro de um site ou no e-mail marketing essas funções podem ser links ou botões, sempre com o objetivo de aumentar as conversões.

Destaque o CTA

Ao montar o seu e-mail, faça o CTA se destacar do resto do conteúdo. Não deixe esse botão escondido no meio de qualquer bloco de texto, aliás, deixe um espaçamento em torno do botão para que ele fique sempre em evidência.

Não se esqueça de que o CTA deve deixar bem claro que se trata de um link. A cor azul sublinhada é uma identificação universal de um link clicável, mas pode não ser o ideal do ponto de vista do design de seu conteúdo. Quando o layout permitir, use fontes e tamanhos diferentes em relação ao restante do conteúdo.

Outro fator importante é colocar sempre o CTA nas partes mais visíveis do e-mail, fazendo com que os leitores não tenham que rolar a página inteira para localizá-la. A ideia principalmente é utilizar o texto como um apoio, explicando sobre o que o leitor vai ver quando ele clicar no botão. Portanto, avalie cuidadosamente a localização desses botões ou links.

Sabermos que as imagens costumam chamar a atenção dos leitores, mas usá-las em conjunto ao CTA pode gerar problemas. Alguns servidores de e-mail, e muitas vezes, o próprio usuário, podem rejeitar o carregamento de imagens, fazendo com que seu call to action não seja visualizado corretamente. Caso a sua empresa exija a utilização de imagens para o CTA, contorne a situação criando um texto com link logo abaixo dela.

Use texto simples e impactante

A possibilidade de criar vários links com o objetivo de aumentar as chances do leitor clicar em alguma parte do e-mail é tentador. Mas dar muitas opções de escolha pode ser confuso e causar efeito contrário. Se você achar necessário reforçar o CTA em outras partes da peça, seja discreto e reflita a real necessidade das opções disponibilizadas.

O texto do call to action também exige simplicidade e impacto. Lembre-se que várias pessoas irão abrir o seu e-mail e todas elas precisam entender a mensagem. Não use termos complexos, pois você poderá perder o apelo do seu texto e, consequentemente, afetar os resultados da campanha.

Seja persuasivo

Um dos aspectos mais importantes do CTA é ser persuasivo, tente convencer o leitor a fazer aquilo que você espera dele.

Estimule respostas imediatas, sem deixar qualquer possibilidade para o cliente pensar. Para isso, utilize o senso de urgência para que os leitores percebam a importância de clicar no exato momento da leitura.

Uma boa dica para aumentar as taxas de conversão é usar os verbos sempre no imperativo, como por exemplo, “faça o download”, “compre agora” ou “inscreva-se”.

Personalize sua campanha

A segmentação é fundamental para qualquer campanha de e-mail marketing: enviar os e-mails certos para as pessoas certas faz toda a diferença para as conversões. Aproveite sua base de clientes para segmentar também o texto do call to action, pensando no perfil do seu público-alvo.

Uma forma interessante de trabalhar isso é selecionando itens da sua loja que podem ser interessante para esses clientes, colocando no assunto do e-mail “Selecionamos esses produtos só para você”, incluindo o nome do usuário. Isso pode gerar mais cliques para seu call to action e aumentar as conversões.

 

Comentários

comentários

Por Rafael Shiroma
Analista SEO e otras cositas más da Ideiasweb